Prefeita Mayra Brito vai à Brasília participar da reunião ampliada, para discutir os problemas técnicos, financeiros e estruturais das Unidades de Pronto Atendimento – UPA


A convite da Confederação Nacional de Municípios (CNM), a prefeita de Prado Mayra Brito, viajou para Brasília-DF, para participar da reunião ampliada, afim de discutir os problemas técnicos, financeiros e estruturais das Unidades de Pronto Atendimento – UPA, além de demais compromissos na sua ampla agenda de trabalho.

 

 

Na oportunidade vão estar presentes os Ministros da Saúde e do Tribunal de Contas da União, Diretoria da CNM e prefeitos que têm reunião marcada para essa terça-feira(21/11), a partir das 14 horas, no auditório Ministro Pereira Lira da sede do TCU.

 

Informamos que nessa reunião no TCU(Tribunal de Contas da União), todos os prefeitos vão solicitar ao ministro Augusto Nardes a criação de grupo técnico para analisar a situação dos prédios que deveriam abrigar Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), construídas nos últimos anos com recursos federais.

 

O objetivo é buscar segurança jurídica para usar as estruturas para outros fins. No Estado, há nove UPAs concluídas, mas fechadas por falta de recursos municipais para o funcionamento. “O problema da UPA é o custeio da equipe que trabalha nela. Não tem como sustentar. Temos de achar uma solução”, diz Ziulkoski.
Problema:

 

O presidente da CNM informou que o mesmo problema é encontrado em creches que foram custeadas pela União. Os convênios fechados entre União e Municípios, que tiveram valores defasados ao longo dos anos, estão entre as principais reclamações. Atualmente, há 395 tipos diferentes de vínculos, que vão desde o programa Estratégia de Saúde da Família a repasses para a merenda escolar.

Deixe seu comentário